Pular para o conteúdo

Procrastinação: Como Vencer o hábito de adiar

Sobre procrastinação: Eu preciso confessar uma coisa a você… eu sou uma procrastinadora. Hoje sou melhor que antes, mas sou de natureza procrastinadora.

Que a minha vulnerabilidade seja a sua força!!!

Neste artigo vamos falar desse comportamento que muitos pesquisadores dizem ser um subproduto da nossa impulsividade.

  • O que é a procrastinação?
  • Quem é o procrastinador?
  • Por que somos procrastinadores?
  • 8 maneiras de ter mais controle sobre a procrastinação
  • Vencer a procrastinação, procrastinando

O que é a procrastinação?

Sem fazer nenhuma consulta, procrastinar é a arte, o vício, a mania de deixar para depois aquilo que você deveria estar fazendo agora.

Vamos ver o que dizem os dicionários?

Procrastinação é o diferimento, ou adiamento, de uma ação. Para a pessoa que está a procrastinar, isso resulta em stress, sensação de culpa, perda de produtividade e, ao final, vergonha em relação aos outros, por não cumprir com as suas responsabilidades e compromissos.

Embora a procrastinação seja considerada normal, torna-se um problema quando impede o funcionamento normal das ações. A procrastinação crônica pode ser um sinal de problemas psicológicos ou fisiológicos.

A palavra em si vem do latim procrastinatus: pro– (à frente) e crastinus (de amanhã). A primeira aparição conhecida do termo foi no livro Chronicle (The union of the two noble and illustre famelies of Lancestre and Yorke) de Edward Hall, primeiramente publicado antes de 1548.

E quem é o procrastinador?

É um indivíduo que evita tarefas ou uma tarefa em particular. É a pessoa que tem a mania de colocar um monte de coisas na frente daquilo que era importante fazer agora.

Você tem visto as pessoas realizarem coisas enquanto você não consegue ser ativo ou ter iniciativa como elas? Você sabe o que tem que ser feito, mas não faz? E você fica chateado pois tem consciência disso?

E com esse comportamento você tem se sentido menos útil, pouco produtivo, com um vazio, tristeza e pouca determinação? Sente que a sua vida parou e você não está progredindo?

Você se identificou com essa pessoa? Eu sim. Eu sou uma procrastinadora!!!!

Por que somos procrastinadores?

A procrastinação nos engana a pensar que estamos sendo proativos ou produtivos. Pois, você não fica à toa.Na verdade você faz muitas coisas, ocupa muito do seu tempo, mas não naquilo que planejou e que é importante ser realizado para você alcançar e chegar onde quer.

Então, por que somos procrastinadores? De onde vem essa procrastinação?

Alguns trabalhos científicos têm demonstrado que a procrastinação é um subproduto da nossa impulsividade. Nossos antepassados viviam em um ambiente cheio de adversidade e predadores. A impulsividade foi algo que os ajudaram a sobreviver naqueles ambientes inóspitos.

Fez sentido? Como a procrastinação é subproduto da nossa impulsividade?

Vem comigo….

Quantas vezes nos preparamos para fazer algo e não fazemos de imediato? Chegamos até a preparar todo o cenário para que aquilo acontecesse e, no entanto, adiamos para fazer outra coisa?

Um exemplo pessoal meu: eu precisava escrever um artigo para este meu blog. Preparei tudo, a mesa, o computador, livros, artigo etc. Porém, antes de começar, achei que eu deveria preparar um suco, pois estava calor. Ao preparar o suco resolvi fazer uma lista de compras, pois percebi que faltava algo na minha dispensa. Ao fazer a lista, resolvi tirar carne do freezer para o almoço do dia seguinte.

Neste momento vejo meu cachorro me olhando, achei que ela estava muito sozinha e resolvi brincar e dar atenção a ela. E, sem perceber, já estava tirando pragas do meu jardim. Neste momento, vejo que nem sei como cheguei ali e o que estou fazendo, que não comecei o meu artigo para o qual havia me preparado para fazer… O que aconteceu? Fiz várias coisas, mas não aquilo que havia panejado fazer.

E depois eu não tive mais tempo de fazer naquele dia, pois com o avançar da hora eu tinha que buscar meus filhos na escola e com eles em casa eu teria outras tarefas a fazer do meu papel de mãe. O que aconteceu neste episódio do artigo? Eu procrastinei!!!!

A minha impulsividade me levou a fazer várias coisas, exceto o artigo do meu blog que havia planejado fazer. Mudei de tarefas e procrastinei.

Convido você a pensar em momentos que já tenham acontecido isso com você. Dê a você mesmo um exemplo de procrastinação. Se desejar compartilhar comigo será um prazer.

8 maneiras de ter mais controle sobre a procrastinação

Vamos lá, separei 8 maneiras de como vencer a procrastinação:

#1 – Aceitar quem você é

Eu desconheço outra maneira de começar um processo de mudança, que não seja começar pela aceitação de quem é e do que precisa ser mudado.

Eu assumo que sou procrastinadora e depois que isso aconteceu eu posso ter mais controle da minha vida e buscar melhorar aquilo que tem me prejudicado. Ao reconhecer que muitos dos meus resultados negativos e baixa produtividade vem do ato de eu procrastinar.

Antes de enfrentar qualquer problema, é preciso enfrentar a si mesmo e aprender a se amar. Mesmo com todos os padrões impostos pela sociedade, e mesmo sendo diferente, é preciso se aceitar. Afinal, você é uma pessoa única. Por isso, valorize a sua singularidade! E aí? Você é um procrastinador?

#2 – Reconhecer qual o seu nível de procrastinação

Observe o gráfico abaixo e identifique qual é o seu nível de procrastinação:

Grafico de procrastinação

Qual o seu nível de procrastinação?

(I) Baixo nível de procrastinação, para tarefas de muita importância

(II) Baixo nível de procrastinação, para tarefas de pouca importância

(III) Alto nível de procrastinação, para tarefas de muita importância

(IV) Alto nível de procrastinação, para tarefas de baixa importância

#3 – Respirar

A respiração consciente é uma técnica sensacional, simples e prática para você conectar-se com o agora e ter presença plena. Eu uso a meditação como prática de aprender a respirar com consciência.

Vale aqui uma outra sugestão que você pode aplicar no seu dia a dia: um exercício de respiração que traz você para o agora, que elimina estresse.

Sente-se em uma cadeira, apoie os seus cotovelos nos joelhos e respire normalmente. Você irá sentir o seu abdômen tocar sua perna.

Essa é a respiração que devemos ter, a abdominal.

#4 – Dividir tarefas

Essa forma é sempre indicada para ajudar a amenizar a procrastinação.

Seja lá o que precisa realizar, como por exemplo escrever um artigo, TCC, tese, para aquelas pessoas que desenvolvem pesquisa, ou estão na academia. A ideia é dividir essa tarefa em várias partes, em pequenas tarefas. A ideia é quebrar uma tarefa mais complexa em várias tarefas menores e mais fáceis de serem realizadas.

#4 – Acolha-se

Não seja tão duro com você mesmo.

Todo procrastinador sofre por que procrastina. Acolha-se. Sentir-se culpado pela procrastinação, castigar-se, pode gerar a ideia de que se procrastino, me castigo e agora já posso procrastinar novamente.

Tire proveito e aprenda com essa situação. O que você pode fazer de diferente? Que tal  se premiar por ter realizado o que tinha que ser feito?

#5 – Conectar-se com a dor de não ter realizado

A ideia aqui é você conectar-se com o seu “EU” do futuro, conectar-se com a dor que vai sentir se não realizar o que planejou fazer.

#6 – Recompensa

Nosso cérebro se alimenta de recompensas e sofre a partir de consequências.

Se você conseguiu concluir uma atividade muito difícil, é importante entregar algo como um gesto de cuidado consigo e também celebrar cada conquista e vitória.

Se você adiou algo por tanto tempo que agora não adianta mais ser feito, está na hora de se dedicar à outra coisa, sem prazeres instantâneos.

#3 – Vencer a procrastinação, procrastinando

Como assim? Você não entendeu? Eu também não entendi quando ouvi isso dos coach Paula Abreu e Gerônimo Theml.

Antes de explicar como fazer isso eu preciso dizer que isso me ajudou muito, pois, como já disse antes, eu sou procrastinadora.

Toda vez que eu procrastino eu confesso que fico triste comigo. Uma sensação de que não fui determinada, que não cresço ou progrido.

Procrastinar é algo que, verdadeiramente, precisa ser olhado com atenção. Se o seu nível de procrastinação tem prejudicado muito a sua produtividade, busque por ajuda.

Então vamos lá! Como é a técnica de vencer a procrastinação, procrastinando?

É sabido que pessoas monotarefas são mais produtivas do que as pessoas multitarefas. O monotarefa chega a ser de 20 a 30% mais rápido do que o multitarefa. A pessoa que fica em uma única tarefa, produz mais do que a pessoa que fica fazendo várias coisas ao mesmo tempo.

Eu mencionei antes que a procrastinação é ficar mudando entre tarefas, de uma coisa para a outra impulsivamente, e nunca chegar naquilo que importa.

Em alguns momentos, quando o meu nível de procrastinação está elevado, as 8 maneiras que indiquei acima não funcionam para eu vencer a minha procrastinação. Eu sou uma pessoa multitarefa!

Então segue a dica que aprendi e que tem me ajudado muito. Eu defino de 5 a 6 tarefas importantes que eu preciso realizar naquele dia ou semana, por exemplo. E aí eu procrastino entre essas tarefas.

Procrastinar é pular de tarefa em tarefa, só que sem organização. Nesse caso em que eu defino as tarefas, tudo o que eu tenho que fazer naquele dia ou semana, é eu procrastino entre elas.

E qual é a ideia disso! Entre ficar procrastinando entre tarefas que não são importantes, eu procrastino entre aquelas tarefas importantes.

E o que eu ganho com isso? Ao final do dia ou da semana eu avancei nas tarefas importantes que me propus a fazer.

Se você me perguntar: isso é ser mais produtivo? Eu diria que é menos produtivo do que um monotarefa focado, mas esse modelo já é muito mais produtivo do que se você simplesmente permitir que as coisas do dia te engulam e transformem você em uma pessoa extremamente procrastinadora.

Fez sentido para você?

Então compartilhe com um amigo ou familiar que seja procrastinador.

Um grande abraço para você.

Assista a este vídeo no Youtube