Pular para o conteúdo

TOUR POR NEW YORK

TOUR POR NEW YORK: Um post diferente esse, não é?

Foi resultado de uma enquete que fiz no meu Instagram, e como sou comprometida com o que falo, aqui está o prometido.

Quando eu recebi a sugestão de fazer esse post e vídeo fiquei pensativa por um longo tempo, já que basta uma simples pesquisa no Google para se encontrar uma infinidade de respostas de “tour por Nova York”. Então fiquei “martelando” sobre como atender a esse pedido de uma forma diferente. Imaginei que minha audiência gostaria de saber o que vi, o que experimentei, como foi a minha experiência… e não simplesmente uma pesquisa do Google.

Como poderia ser um post que atendesse ao pedido e ao mesmo tempo inspirasse essas pessoas a viver a emoção da gratidão e do encantamento que vivi esses dois dias?

Como ser diferente?

Adoro esse tipo de desafio!!!! Então vamos lá…

Eu sou muito grata pela vida de sonhos que eu tenho vivido. Chegar até aqui foi, e tem sido, um processo pessoal permanente que não para.

A música que me inspira é essa “New York, New York”, interpretada pelo cantor Frank Sinatra. Ela chega a fazer o meu coração acelerar! O abrir dos lábios dizendo “Ohhhh!” para a arquitetura e grandiosidade que é a estação de trem central denominada Grand Central, as luzes da Times Square que tornam a noite totalmente clara, a diversidade de pessoas com seus jeitos irreverentes e diferentes de se vestir e ser, o anonimato, as várias perguntas que nos fazemos, internamente, ao visitar o museu memorial 11 de setembro, as ruas nova iorquinas, com sua arquitetura, paisagismo e arranhas céus de concreto e ferro, misturados ao Central Park com suas árvores desfolhadas (já que estamos no inverno) foi, para mim, no mínimo inesquecível!

Quanta emoção traduzida em gratidão!!!! E é isso que desejo inspirar em você ao ler o meu post e assistir ao meu vídeo. Sonhe e realize cada um deles, pois você é merecedor de uma vida de abundância.

E esse refrão da música “New York, New York” (Frank Sinatra) me inspirou:

“New York, New York.   Nova Iorque, Nova Iorque  
I want to wake up in a city Eu quero acordar na cidade  
That never sleeps   Que nunca dorme  
And find I’m a number one   E descobrir que sou o número um  
Top of the list,   No topo da lista  
King of the hill,   Rei do pedaço  
A numberone   O número um”  

A minha inspiração foi da emoção de realizar sonhos, de acordar, de sentir-me no topo da lista, a número um em uma cidade que não dorme.

Eu desejo muito isso para você, viver de seus sonhos.

  • Viva dos seus sonhos
  • O que vi em dois dias de tour em Nova York

Viva dos seus sonhos

Eu não tenho dúvidas que tudo nessa vida tem um preço, mesmo quando dizem que sonhar não custa nada. De fato, sonhar não custa nada, mas viver de sonhos custa.

E se estamos aqui por uma vida de doação com propósitos, vai valer apena viver dos nossos sonhos.

Sonhar é pólvora! Tenha sempre um caso de amor com os seus sonhos.

Quando foi sugerido esse tema para o post e vídeo eu pensei que, na verdade, eu gostaria de inspirar você a correr atrás de realizar o que sonha. Você não deve ficar como expectadora da vida de outra pessoa que posta seus sonhos realizados.

Desejo que você possa terminar de ler esse post e, verdadeiramente, colocar no papel como realizar o que deseja para a sua vida.

Quando perguntei à minha família o que eles mais gostaram da viagem, eles me responderam: visitar um novo lugar, viajar de trem, estarmos juntos em família. Veja que, na essência, isso não precisaria ser tão caro, mas tem um preço. Porém, é possível realizar sonhos com pouco. É preciso ter metas e considerar a sua realidade. Você precisa começar com o que tem e pode, até que você possa chegar aonde realmente deseja.

Eu confesso que, na prática de realização dos meus sonhos e viver deles, tem sido um processo de transformação e evolução pessoal. Um desafio!!! Considero que tenho melhorado e ainda falta colocar mais em prática o que venho aprendendo com a vida. O importante é começar e também mover-se. Com toda a certeza, manter-me em movimento para realizar meus sonhos me faz viver uma versão melhorada de mim mesma.

E você? De 0 a 10, o quanto tem vivido dos seus sonhos?

Espero que ao ler o post, assistir ao vídeo, e ver minhas postagens nas redes sociais dessa minha viagem você se sinta animado a rever o que tem feito com a vida que você tem. Espero que você compreenda que a grande mágica da vida é nunca parar de sonhar e estar sempre em movimento buscando por novos sonhos e desafios.  Além disso, no meio do caminho é importante ter gratidão e celebrar todas as pequenas conquistas.

Tenha um sonho, seja ele qual for! Veja se ele é possível. Veja se ele está adequado à sua realidade. Se ele ainda for grande divida-o em pequenas partes. Assim você dará conta de realizá-lo.

Espero que seu sonho não seja grande demais e nem pequeno demais, mas que tenha força para atrair você a realizá-lo.

Evite ter mentes pequenas ao seu entorno que o impeçam de realizar seus sonhos ou que desvalorizem seus sonhos.

Permita que mentes grandes estejam ao seu lado e que lhe digam sempre que seu sonho é possível e que você pode sempre mais.

Continue a sonhar e desperte!

Sonhe pequeno e a sua história será pequena!

Sonhe grande e a sua história será grande.

Sonhar vai exigir de você despertar e ter disciplina. Se você não acordar e ter disciplina, facilmente você irá se frustrar.

Porém, mesmo que você esteja desperto e tenha disciplina, sem sonhos você corre o risco de ser uma pessoa que apenas obedece a ordens.

Desperte! Tenha muito sonhos! Faça acontecer com disciplina e não os camufle nas suas atividades de excesso de ocupação, excesso de trabalho braçal, ou excesso de trabalho intelectual.

Foi assim que descobri o caminho para ser diferente do Google. Ter um olhar para sonho realizado e as emoções que tive.

Fez sentido?

O que vi em dois dias de tour em Nova York

Agora seguem minhas dicas, do que vi e experimentei….

Nós ficamos dois dias em Nova York. Muita coisa ficou sem ser vista e sem ser realizada, o que é motivo para voltar em um outro momento. Bom, não é?

Consideramos o que era o interesse do grupo, dentro do que poderíamos gastar. Buscamos também dicas de pessoas que conhecem e já visitaram a cidade.

A grande pergunta sempre será: o que você deseja fazer e conhecer? Fazer o que todo turista faz ou sair da caixa? O que você planejou de gastar?

Chegamos a Nova York de trem. Estávamos em viagem de férias e deixamos nosso carro a quase duas horas de NYC, na cidade onde mora uma grande amiga que aproveitamos para visitar.

A cidade é incrível e bem diferente das outras que já visitei nos Estados Unidos. É uma metrópole onde você poderá ter vistas do topo de prédios, a cerca de 400 metros de altura, fazer compras, caminhar por um parque cenário de filmes e séries famosos, visitar uma das estátuas mais conhecidas do mundo, comer cookies, pizzas, hot-dogs e donuts, apreciar obras de arte raras e fósseis preservados por milhões de anos. Essa metrópole oferece aos visitantes muitas atrações, umas pagas e outras gratuitas.

Em dois dias veja o que aproveitamos:

Nossos passeios foram feitos, boa parte a pé e de metrô, utilizando o aplicativo “citymapper”. E uma noite fizemos um passeio noturno utilizando oNYC Sightseeing Bus.

Nós fizemos essas opções por que tínhamos apenas dois dias, além de considerar o custo/benefício de ficar hospedado na Ilha de Manhattan. Ficamos no Hotel Pennsylvania, um hotel muito movimentado, central e com preço acessível. Esse hotel fica em frente ao Madison Square Garden, onde ocorrem shows e eventos esportivos.

O que dizer desse tour de dois dias em Nova York? Incrível, eu o faria novamente! E o que eu faria de diferente? Usaria um calçado mais confortável, compraria lanches para levar na mochila e beberia mais água.

Fez sentido? Se sim e se você tem alguém que esse post será útil, convido você a compartilhar com essa pessoa.